Não sabe o seu
numero de eleitor?
Não sabe o seu numero de eleitor?
Aceda ao site do Ministério da Administração Interna.
Consulte aqui!
Balcão Virtual
não perca tempo.
Balcão virtual
Aqui pode tratar de todos os assuntos relativos à Junta!
Consulte aqui!
Fotos
visite a galeria.
Galeria de fotos
Visite a galeria de fotos e surpreenda-se!
Consulte aqui!
Newsletter
subscreva já!
 
Como classifica o site da Junta de Freguesia?
 





LAAC – Secção Social

 

Instituição Particular de Solidariedade Social
Rua do Engenho
3750-049 Aguada de Cima
Tel: 234666494
Fax: 234669185
E-mail:laac@laac.mail.pt

BREVE RESENHA HISTÓRICA

Em Janeiro de 1978, duas jovens, uma acabada de se formar em Prof. do 1º ciclo, mas sem colocação e outra com o 7º ano do liceu sem entrar na universidade  e sem emprego, juntaram-se numa iniciativa que viria a ser a futura Liga dos Amigos de Aguada de Cima - LAAC mas que na altura foi uma grande aventura.
As instalações situavam-se no Lugar do Teso e foram cedidas gratuitamente por Maria da Luz Veiga.
Começou com 2 utentes uma de 8 meses e um de 23 meses. O número foi aumentando, sem que a idade fosse critério de admissão. Por essa razão o grupo era constituído por crianças com idades compreendidas entre os três meses e os cinco anos.
Passado algum tempo apareceu uma nova vertente, ou seja as crianças foram divididas em dois grupos : as que frequentavam todo o dia e as que vinham só das 14 h às 17h considerado este grupo uma preparação para escola, por essa razão só o frequentavam crianças entre os 4 e os 5 anos.
Apesar das crianças pagarem era difícil sobreviver. As funcionárias trabalhavam de 8 a 12 horas mas não recebiam ordenado, ou recebiam o que sobrava depois de pagar todas as despesas o que na realidade era muito pouco .
Começaram a encetar contactos com a Junta de Freguesia no sentido de ser esta a encabeçar a organização do mesmo mas apesar da grande vontade que existia nesse sentido, na figura de Armindo Abrantes, não era possível, pois não existiam estatutos que suportassem a parte legal , para que o Centro Regional aprovasse uma situação destas. Passou-se em seguida para contactos com a LAAC que já existia como Associação e como tal com estatutos que se fossem alterados daria para o suporte jurídico.
A LAAC aceitou o desafio e em Outubro de 1979 mudou de instalações para os antigos correios  que eram propriedade da Autarquia. Neste momento já a professora tinha ido trabalhar como administrativa  para uma empresa e tinha ficado a jovem com o 7º ano  e uma adolescente a ajudá-la.
Apareceram então duas estagiárias vindas da Escola de Educadores de Infância de Coimbra. Faziam parte de um grupo que tinha vindo  para o Concelho de Águeda.
Procuravam na altura a experiência inovadora em termos de país que se vivia no Concelho, o facto de se ter crianças deficientes no grupo. Na LAAC existia o Ernesto (já falecido) com paralisia cerebral (4 anos, movimentava-se de rabo, não falava, não comia pela sua mão).
Porque o espaço era cada vez mais pequeno, torna-se urgente encontrar uma nova solução, opta-se por fazer alterações à sede da LAAC (situada na Vila). Eram necessárias obras, nomeadamente uma cozinha e um refeitório, foi ainda criado um espaço para os bebés e uma sala de actividades. Elaborado o projecto para a candidatura a apoio financeiro para a Gulbenkian, culmina em Fevereiro de 1980 com a inauguração deste novo espaço, financiado pela já referida Instituição.
O Carnaval serviu de tema para a festa de inauguração.
Passou então a ter uma Direcção que reunia periodicamente para resolver os problemas que iam surgindo. A parte técnica era organizada pelas estagiárias em conjunto com a jovem responsável pela Instituição que também pertencia à Direcção.
No ano lectivo de 1981/82 passou a LAAC algumas dificuldades de ordem técnica, a Escola de Educadores de Infância de Coimbra não teve candidatos que se quisessem deslocar para tão longe. Assim e durante alguns meses estiveram apenas a funcionar com auxiliares.
No ano lectivo 82/83 passaram a ter estagiárias da Escola do Magistério Primário de Aveiro.
Em 83/84 entendeu-se nomear uma educadora responsável por toda a organização, fosse ela técnica ou não, bem como pelo trabalho de 2 educadoras estagiárias de Aveiro.
Os utentes continuavam a aumentar e em Abril de 1983 abre-se um novo espaço que já nos pertencia mas que não estava a ser utilizado.
Fisicamente a Instituição passou a ter dois espaços idênticos em termos de áreas, um mais recente, dirigido para a creche, onde a responsável directa era a Educadora, outro para as crianças de jardim de infância onde as responsáveis durante 4 dias por semana eram as estagiárias.
Entretanto, o grande desenvolvimento industrial origina imigração do interior, as instalações começam a ser exíguas para satisfazer o grande número de solicitações. Perante  este facto surge a ideia de construir um edifício novo onde fosse possível aglutinar também valências destinadas a dar apoio à 3ª idade, mas faltava o terreno. Após alguns contactos é feita uma doação de um terreno, pelo Sr. Fernando Manuel e pela Sra. Ana Ganhoto, estava-se no ano de 1987 mais precisamente em 13 de Maio. Elabora-se o respectivo projecto, que o CRSS entende ser demasiado ousado devido à sua grande área. Mas mesmo assim e após muita pressão pela Direcção da LAAC o projecto é aprovado e em 7 de Maio de 1988 dá-se o lançamento da 1ª pedra.
Enquanto decorriam as obras, os utentes não paravam de aumentar agora também crianças mais crescidas pretendiam frequentar a LAAC pois os pais não tinham a quem as deixar nos tempos livres da escola. Assim, o espaço do rés-do-chão até então abandonado é adaptado e em Março de 1989 inicia-se a valência de ATL, com 8  crianças.
No mesmo espaço e de seguida, inicia-se a valência de Apoio Domiciliário, com serviço de refeições, higiene de domicilio  e lavandaria.
Ainda não haviam decorrido 2 anos, e concluídas as obras do novo edifício faz-se a mudança em 9 de Fevereiro de 1991. A inauguração é presidida pelo Sr. Ministro do Emprego e da Segurança Social Dr. José Albino da Silva Peneda  em 5 de Maio de 1991.
Após as férias, mais propriamente no dia 1 de Outubro, é criada uma nova valência, o Centro de Dia, inicialmente com a frequência de 13 idosos.
Entretanto a sala destinada ao ATL tornou-se pequena e entendeu-se por bem encontrar uma solução para o problema.
Em Setembro de 1993 começamos a ocupar um pavilhão da antiga telescola cedido pela Junta de Freguesia e DREC, que se encontrava por trás da Escola do Ensino Básico, no entanto as crianças continuavam a almoçar no refeitório da LAAC.
Em 4 de Novembro de 1993 é adquirida uma parcela de terreno situado frontalmente às nossas instalações e em 8 de Julho de 1994 é adquirida a parcela restante. Este espaço é destinado à construção de um parque de lazer para idosos e crianças utentes desta Instituição.
Como o número de crianças a frequentar o ATL não parava de aumentar, havia mais uma vez que encontrar uma solução para esta valência, opta-se desta vez por adquirir (ainda em fase de projecto) no Empreendimento Terras da Confraria 2 espaços T3 que permitiram a sua divisão em 3 salas de actividades, cozinha, sanitários, secretaria e despensa.
Celebra-se o respectivo contracto de compra e venda em 18 de Novembro de 1995.
Em 1 de Setembro de 1997 inicia-se o ano lectivo no novo ATL embora só em Novembro de 1997 é que tenha sido inaugurado pelo Sr. Governador Civil de Aveiro Dr. Antero Gaspar.
Existia um pequeno problema, não havia espaço suficiente para refeitório, por isso os almoços e lanches eram servidos no polivalente da escola, sendo transportados nas viaturas da Instituição.
Porque as solicitações continuavam a aumentar foi necessário em 29 de Setembro de 1998 adquirir à mesma empresa um novo espaço contíguo, para aí se implantar o refeitório necessário, servindo também como sala de actividades.
Há muito que se fazia sentir a necessidade da existência de um lar para idosos começando a ideia a tomar forma em Novembro de 1996.
Elaborados os projectos e aprovados superiormente opta-se pela sua implantação nos terrenos  a norte da Instituição.
A abertura do Lar data de Dezembro de 1999 no sentido de preparar as instalações para receber os utentes, facto que aconteceu no dia 2 de Janeiro de 2000. A entrada fez-se gradualmente e no presente conta com 43 utentes.
Durante todos estes anos foram feitas festas de Natal, festa de fim de ano, desfiles de Carnaval, ceias de Natal envolvendo os vários utentes da LAAC.
De realçar que desde o primeiro momento, ou seja desde Janeiro de 1978, sempre foi grande preocupação fazer actividades que serviam ao mesmo tempo de sensibilização às pessoas da Freguesia e angariação de fundos... tudo isto com a participação dos utentes, seus familiares e amigos da LAAC.
A Liga dos Amigos de Aguada de Cima-LAAC através da sua Secção de Assistência Social dedica-se ao apoio à criança e à pessoa idosa.Actualmente emprega 60 funcionários e presta serviços na área da assistência social a 341 utentes, com idades compreendias entre os 4 meses e os 99 anos.

 

VALÊNCIAS EM FUNCIONAMENTO: 

Ø       CRECHE                                   61 crianças

Ø       PRÉ-ESCOLAR                         69 crianças

Ø       ATL                                         101 crianças

Ø       Apoio Domiciliário              25 idosos

Ø       Centro de Dia                       42 idosos

Ø       Lar                                         43 idosos

 

 

DIRECÇÃO SECÇÃO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL:  

Presidente       Orlando Jaime de Almeida Cristo

                                    José Augusto Abrantes da Silva

                                    Carlos Jorge Abrantes Garruço

                                    Dr. José Vidal Silva Ferreira

                                    Dra. Olga Maria Amaral Gomes

Ver galeria de fotos associada
»
Noticias associadas »
« voltar